"Ser Essência Muito Mais"

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Sonho

Diante do Cortejo
Entre flores e estrelas
Lagrimas negras caem
Tão forte como cachoeira

Com a boca toda vermelha
O mensageiro da saudade
Traz tristezas apagadas
Jogadas na corredeira

Esse silêncio por dentro
Sinal que o tempo deixou
Quando apagou a fogueira

Acordo em outro lugar
Com cheiro de solidão
Dentro de uma banheira
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

14 comentários:

  1. Amei seu blog...
    Altoral do jeito que gosto...
    já estou a te seguir...
    ah tbm tenho meu espaço
    http://cronicasdeanjos.blogspot.com/
    adoraria te ver por lá...
    bjs*

    ResponderExcluir
  2. Então Querido Jão!

    Sonhar é preciso! Mesmos que depois de tudo só fique somente o cheiro de solidão... e os sinais que o tempo deixa!

    Amanhã está aí! Sonhamos de novo!Viver é pra quem não tem medo!

    Lindo fim de semana...
    Dias de paz e luz!

    Beijo
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  3. Jão...

    rsrsrs

    Fui ler meu comentário depois de publicado e olha só: "...só fique somente..." isso faz algum sentido? Acho que não né?! kk

    Mas vc entendeu o que eu quis dizer não é mesmo??

    Beijo
    Sil

    ResponderExcluir
  4. É. Sonhar é preciso sim, mas chega uma hora que eles deixam de brotar por nunca se realizar..

    beiJO e uma linda noite..

    ResponderExcluir
  5. Olá querido, tem selinho pra voce no meu blog.
    Ficarei feliz se aceitar (: Beijos
    http://dessabritto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. O cheiro de solidão, Jão, deixou o texto evidenciado poeticamente. Abraços

    ResponderExcluir
  7. Cadê você meu amigo lindo?
    Saudades.
    Tem presentinho para você em meu blog.
    http://blog.daysesene.com/2011/01/selinhos-confeccionados-para-meus.html
    Estou te esperando.
    Minha visita hoje foi rápida, mas depois voltarei para ler mais seus post viu?
    Um sábado e domingo, magníficos para você.
    Abraços e afagos.

    ResponderExcluir
  8. "Quero a paz da noite,
    o brilho das estrelas
    e a luz do novo dia
    em teu olhar..."

    Linda sua poesia....

    bjo!

    Zil

    ResponderExcluir
  9. Ei,
    Hoje consegui visualizar todo o poema como se fosse um filme da minha vida, principalmente a parte final.
    Há solidão....

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Joao conhecendo e seguindo seu blog hoje.
    È muito lindo seu texto mais um poema própiamente lindo mesmo.
    Creia você escreve muito e como é bom sonhar melhor ainda seria se todos os sonhos lindos não termisse só no sonho.
    Convido a visitar e seguir meu blog .
    Um lindo final de semana,Evanir.

    ResponderExcluir
  11. Ei! E por que foi parar dentro da banheira em?
    Veja lá esse seu sonho...(risos).
    Acho que todo sonho de amor, a gente acaba em uma banheira, seja ele real e ou de sonho mesmo.O corpo esquenta, ou de tanto amor, ou de solidão ai é preciso refrescar o corpo que queima.
    Um abraço amigo querido...Hoje você sumiu...
    Já sinto sua falta.
    O selinho que fiz com seu nome mesmo, personalíssimo, está lá te esperando...acho que você irá adora a flor que tem nele, eu adorei.
    Abraços e afagos.

    ResponderExcluir
  12. Dentro de uma banheira? Que lugar legal pra se acordar de um sonho, não é? Se tivesse alguém do lado, seria melhor! =D Abraço!

    ResponderExcluir
  13. ...é mágico este poder que os
    poetas tem em até poetizar
    a morte!

    ou não?

    bj

    ResponderExcluir
  14. Linda poesia...
    Melhor ainda é a mensagem que nos é retratada.
    Bjos

    ResponderExcluir

"A Paz, A ciência, A Essência"

Copyright © Coisas de Jão | Suporte: Mais Template