"Ser Essência Muito Mais"

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Amor e Sexo

Do amor abstraio néctar
No sexo ejaculo desejo
Prazeres da carne e da alma
Emoções que sempre cortejo

Do amor espero tudo
O coração desnudo
E o Pensamento mudo

No sexo não tem frescura
Momento de loucura
Carinho, tesão, ternura.

Amor, a volúpia da alma.
Sexo, o prazer da carne.
Sexo sem amor é momento
Amor sem sexo é vento



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

4 comentários:

  1. amooooooooooooooooooooor!!

    está perfeito o poema...

    vc combinou amor e sexo muito bem,em palavras muito poéticas...
    transparentes como tu...


    um dos que eu mais amei ter lido^^


    te amo^^

    ResponderExcluir
  2. Oi João. Gostei bastante do poema. Parabéns. A foto também ficou bem legal. Abraço!!!!

    ResponderExcluir
  3. Fico abobada com a sua facilidade em construir poemas. Você tem uma habilidade incrivel pra isso! E como sempre, mostrou uma sensibilidade incrivel em escrever um sobre sexo sem deixar q se tornasse vulgar.. Delicioso de ler, Jão =]

    ResponderExcluir

"A Paz, A ciência, A Essência"

Copyright © Coisas de Jão | Suporte: Mais Template